Itajaí está entre as cidades que mais crescem economicamente em Santa Catarina

No Estado, a cidade só perde para Joinville em arrecadação do PIB Data de inclusão: 07/11/2013 15:33

Uma pesquisa feita pelo Ibope Inteligência, com base em informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), comprovou aquilo que dados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda (Sedeer) já apontavam: Itajaí é uma das cinco cidades catarinenses que mais se desenvolveu nos últimos anos. A análise, divulgada pela revista Você S/A na edição desta quinta-feira (07), traz dados obtidos entre os anos de 2004 a 2010, mas números mais atualizados da Sedeer confirmam que Itajaí vem crescendo rapidamente nos últimos anos. “Itajaí está bem localizada geograficamente, em uma região que obtêm 80% do PIB brasileiro”, explica o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Emprego e Renda, Onézio Gonçalves Filho.  

Itajaí possui atualmente um total de 18.950 empresas abertas, sendo que em 2012, 2.680 novas empresas se instalaram na cidade, um aumento em mais de 73% em relação a 2009. A cidade está entre os cinco maiores municípios em arrecadação em Santa Catarina do Produto Interno Bruto (PIB). Só perde para Joinville, com R$ 15 bilhões arrecadados em 2010. Mas isso tende a mudar, de acordo com Onézio. “Com as instalações de novas empresas, especialmente em relação ao Pré-Sal, Itajaí possivelmente ultrapassará Joinville no PIB.”, completa.

Atualmente, Itajaí está entre as 100 cidades brasileiras que oferecem maiores oportunidades de emprego e renda. No Sul do Brasil, é a primeira colocada entre as cidades de porte médio, ficando atrás apenas das três capitais: Porto Alegre, Curitiba e Florianópolis. Segundo a pesquisa noticiada pela Revista, Itajaí está entre as sete cidades médias que mais crescem na Região Sul. Em Santa Catarina, além de Itajaí, destacam-se Balneário Camboriú, Palhoça, São José e Joinville. Ainda segundo os dados do Ibope Inteligência, Itajaí está entre as 48 cidades que no intervalo de seis anos tiveram crescimento econômico médio de 153%, sendo que no mesmo período, o PIB brasileiro cresceu 94%.

A força da economia de Itajaí gira em torno do maior Complexo Portuário de Santa Catarina. As instalações de novos estaleiros, o incentivo no setor náutico e ser a única parada da América do Sul da 11ª Edição da Volvo Ocean Race (2011) foram alguns dos fatores que ajudaram no crescimento de Itajaí. O excelente desenvolvimento econômico da cidade reflete na melhoria de qualidade de vida da população. “O objetivo é incentivar cada vez mais a economia para que Itajaí continue com esses excelentes índices.”, finalizou Onézio. 

Imagens relacionadas

Download das fotos em alta resolução